O Instituto Yorenka Tasorentsi está usando o conhecimento tradicional para tratar o bem-estar humano.

Os líderes do povo Ashaninka tiveram acesso e conhecimento sobre uma grande diversidade de plantas com propriedades medicinais, que foram transmitidas através de gerações. Ao longo de sua vida, Benki Piyãko adquiriu uma compreensão significativa dos conhecimentos medicinais tradicionais que seu avô lhe transmitiu. Sua abordagem holística do bem-estar combinada com um amplo conhecimento da farmacopéia amazônica beneficiou – e continua a beneficiar – milhares de pessoas de sua região, de outras partes do Brasil e do mundo. No centro de sua prática de cura está a bebida comumente conhecida como ayahuasca, ou kamarampi na língua Ashaninka. Esta bebida é considerada sagrada por inúmeras etnias indígenas da Amazônia. Profundamente embutida tanto em sua distintividade como curandeiro tradicional quanto na cultura de seu povo, a ayahuasca é indispensável em relação à história, identidade e cosmologia Ashaninka.

 

"O ecossistema vive quando o homem e a natureza vivem em harmonia. Através deste ecossistema, através de nossos laços com a natureza e o universo, nós, como seres humanos, podemos viver. Quando este vínculo é rompido, as doenças são causadas. Para o bem-estar humano e espiritual, nós trabalhamos com plantas medicinais para curar, introspectar e ter uma visão do futuro. Temos muitas plantas que são utilizadas para a cura mental e física. Para poder ter uma vida saudável e enfrentar o que está acontecendo no planeta, precisamos trabalhar com estas plantas e incorporar suas energias."
Contacts

Para qualquer dúvida, por favor envie um email